Feridas nos membros inferiores que não cicatrizam podem ser úlceras venosas

As úlceras venosas são lesões que acometem os membros inferiores. Essas feridas podem demorar para cicatrizar, ou até mesmo não fechar, e, por estarem abertas, são mais suscetíveis a complicações e infecções.

Devido às secreções, mal odor e aparência, pessoas acometidas acabam isolando-se do convívio social, afetando sua qualidade de vida.

Representam cerca de 70% de todas as feridas crônicas dos membros inferiores de pessoas adultas. Podem ocorrer anos após uma trombose venosa profunda, ou em decorrência de varizes não tratadas.

Outros fatores de risco para o desenvolvimento das feridas são predisposição genética, obesidade, gravidez, pílulas anticoncepcionais, tabagismo, trabalhar muito tempo em pé ou sentado, além de doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial.

Feridas que não cicatrizam, associadas a manchas, eczema e endurecimento da pele pode ser uma úlcera venosa. Para que haja cicatrização e prevenção de recidivas, tratamento adequado é necessário e deve ser indicado por um cirurgião vascular capacitado, com ajuda de equipe multidisciplinar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *